Vencendo A Rotina

Por Rabino Iehuda Gitelman,  

Acostumamo-nos a viver em apartamentos e a não ter outra vista que não sejam as janelas do prédio vizinho; e porque não temos uma boa vista, nos acostumamos a não olhar pela janela; e porque não olhamos, nos acostumamos a não abrir as cortinas; e porque não abrimos as cortinas logo nos acostumamos a ligar mais cedo a luz.

E assim nos acostumando, esquecemo-nos do sol, do ar, esquecemos-nos da amplitude. Acostumamo-nos a acordar sobressaltados, porque acordamos tarde; a tomar café da manhã correndo porque estamos atrasados; a ler o jornal no ônibus, a comer um sanduíche apressado porque não temos tempo para almoçar; a sair do trabalho de noite; a dormir no ônibus porque estamos cansados; a jantar rápido e a dormir quase sem termos percebido nem vivido o dia.

Acostumamo-nos a pensar que as pessoas próximas estarão sempre ali e a acreditar que está tudo bem, sem nos preocupar nem averiguá-lo.

Acostumamo-nos a sorrir para as pessoas sem receber um sorriso em troca. A sermos ignorados quando precisávamos tanto, ser vistos. Se o cinema está lotado, nos acostumamos a sentar na 1ª fileira.

Se no trabalho está difícil nos consola pensar no fim da semana; e se no final de semana não temos o que fazer, dormimos cedo por que afinal, sempre estamos com o sonho atrasado.

Acostumamo-nos a poupar vida... Que, aos poucos, igual se gasta, e que uma vez gasta, por estarmos acostumados não percebemos que:  PERDEMOS DE VIVER!... 

A quantas coisas nos acostumamos e por isso achamos que não podem ser de uma outra forma? A quantas coisas nos acostumamos e deixamos de insistir na mudança?

Não podemos segurar o tempo, muito menos o controlar. Nossa existência acontece em grande velocidade, mas enquanto temos vida, temos a oportunidade de mudar nossos hábitos,  de ter uma melhor qualidade de vida, de aproveitar e desfrutar cada respiro e cada batida de  nosso coração.

O importante seria que pudéssemos tirar e reconhecer aquelas coisas das quais estamos acostumados. Para que? Para poder mudá-las. 

Só por alguns segundos pense em quantas coisas você estas acostumado em sua vida. 

Hoje neste Shabat talvez possa dizer ATÉ AQUI!!! E assim gritar: BASTA!!!